segunda-feira, 3 de setembro de 2012

Entre idas e vindas: Polônia, esse país fantástico!

FOTOS DE POZNAM
Basilica
Ig dos Franciscanos
Castelo de Kórnik
Ig dos Franciscanos
Palacio de Rogalin
Ig dos Franciscanos

  
 
 
 FOTOS DE SZCZESNY
Região de lagos;
Szczesny

Café c leite no almoço.
 
Palacio de Szczesny

 
Zoologico





País cheio de florestas, cidades limpas, pessoas que te olham nos olhos mas que não tem o costume de te cumprimentar sem te conhecer, (como na Austria e na França). Povo sorridente que não demonstra que foi subjulgado por anos de ocupação por russos, alemães e russos novamente. Transportes e acomodações impecáveis, ainda conservam bondes do inicio do século passado, apesar do moderno metrô. Nos hotéis poloneses quase sempre você terá cozinha, máquina de lavar à sua disposição, etc. Mas, não espere limpeza de quarto todos os dias. Você pode fazer isso se tiver aspirador ou vassoura por perto. Depende do tipo de hotel em que você se hospedar. Nossos hotéis eram bons mas nenhum 5 estrelas.Os quartos  eram amplos e com Internet 24h à disposição. Grandes categorias de hoteis não é nossa principal exigência. Uns dos nossos critérios de escolha de hotel são, além do conforto do quarto, o silêncio e a proximidade do centro histórico (porque gostamos de explorar o local a pé). Isso nos exercita e nos faz entrar de cabeça na vida local.
A moeda polonesa, o zloty (zuote), 1 Euro equivale 4 Zloty. Você pode comer em bons restaurantes sem gastar muito e a comida é muito boa.
Nos restaurantes pequenos os empregados são jovens e alegres mas, na maioria você tem que ir ao balcão fazer sua encomenda e, depois, recolher seu prato vazio de volta. Achei isso super-prático porque você não espera muito. Claro que isso não é regra geral. Em restaurante de muito movimento tem também muita gente para servir e recolher os pratos. E você encontra muita gente que fala Inglês nas cidades.
Outra coisa que achei interessante: os poloneses almoçam lá pelas 15hs, quando saem do trabalho e tomam café com leite ou chá antes das refeições. Gente muito fina. Mas, fique olho porque, em fila de banheiro de mulher (porque banheiro de mulher sempre tem fila) alguma polaca ou mesmo alguma alemã pode tentar furar a fila). Aqui na França respeita-se fila, portanto siga a regra quando estiver aqui. Os poloneses ficam contentes quando você arrisca um bom dia (Dzien dobry – pronuncia-se “dindobre”), obrigado (dziękuję - pronuncia-se "djenkúyê”), até logo ( Do widzenia – “dovizênia”) . Eles dão aquele sorriso! Mas, detestam os alemães que so querem falar alemão e a maioria é grosseira. Por quê? Será que se sentem superiores? Pensamos que sim porque a Polônia esteve muitos anos sob o julgo alemão. Após a 2ª Guerra Mundial os russos tomaram conta da Polônia até 1989. Presenciamos alguns casos de gente grossa. Felizmente isso não é regra geral. Assim como na Polônia, na Alemanha fomos muito bem tratados.
Wroclaw, na Silésia Polonesa, as esculturas religiosas silesianas da Idade Média pra cá são fantásticas! Conservam ainda as cores originais.
Outra dica: Em Wroclaw (Vróssuav) não a deixe sem antes ir ver uma maravilha de pintura que se chama

Panorama de Racławicka” (batalha entre poloneses e russos que se travou nessa cidade) de 114 m de comprimento por  15 m de altura, pintado em 1893/94 durante 9 meses. A tela está exposta dentro de uma espécie de cúpula construida nos anos 60 mas so foi colocada nesse local depois que o regime comunista foi derrubado (1989). Veja esse filme:http://www.youtube.com/watch?v=LYpKTMKdi-o&feature=related
e esse para ter uma idéia de como foi montada a imensa tela http://www.youtube.com/watch?v=tAwHGBHMEK0&feature=related

Em Poznam, conferimos os museus e vimos que os pintores poloneses são tão bons e criativos como todos os outros que ja conhecemos na França, Londres, Itália, Holanda, Espanha, Bélgica, Portugal, etc. (Eu e meu marido somos devoradores de museus, rsrs). Digo a meu marido: não entendo porque esse corre-corre para ver a Monalisa. Ē fama, é uma tal de estória que contaram acerca de sua origem: seria o amante de Leonardo vestido de mulher; seria a Sra de Gioconda, etc e etc. Ē famosa, disso não resta dúvida, mas tem muita pintura mais bonita. Mas, como a fama põe a mesa, a Monalisa é uma grande atração do Louvre. Leonardo sim, era demais para seu tempo!




2 comentários:

Roseane Viana disse...

Eu tô doida para ir a Polônia e vendo teu post fiquei com mais vontade ainda.
Já vi que temos algo em comum, a escolha do hotel. Eu também fico em hostel que por essas paragens são muito bons também.

Gostei muito do post. Bjks

Eu, sem clone disse...

Oi Rô! Eh um pais fascinante mesmo! Sugiro que aprenda a dizer as palavras em Polonês ou fale em Inglês com eles.Minha nora é polonesa. Ela nos orientou. bjs

Uma coisa que adoro.

Uma coisa que adoro.
No inverno, fica tudo assim. Foto:D.B.

Os lagos

Os lagos
Pegamos nossos remos e varejões e saímos com muito cuidado para não triscar nos jacarés e sucuris. Foto: Veneide