quinta-feira, 29 de maio de 2008

Vou ver minha prima!! Mas antes, umas fotos para ilustrar.

Wavecrest, Daniels
Eu e meu marido tivemos 2 noticias ótimas ontem: nasceu a segunda netinha. Foi surpresa pois esperávamos que a pequerrucha só chegaria na próxima semana. Ambas estão passando bem, o pai e o avô curuja não param de sorrir.

A segunda noticia boa diz respeito a minha carta de séjour. Aqui a gente tem que participar de um dia de formacão cívica. Anteontem foi minha entrevista, a consulta médica e a avaliacão do conhecimento do idioma francês. Tudo ocorreu numa cidade perto de Lille. Dessa entrevista, junto comigo participaram 2 marroquinas , 1 algeriana, 2 turcos, 1 senegalesa, 1 casal de camaroneses, etc. O meu dia para a formacão civica foi agendado para depois do dia da minha volta para o Brasil, assim, eu não poderia fazer. E é obrigatório. Ontem, a funcionária me ligou para dizer que me encaixou no dia 14 de junho (uma semana antes de uma viagem que faremos à Italia). Ufa ! Pulei 2 fogueiras: uma, porque ela conseguiu a data para mim; a outra porque a data encontrada não foi no mesmo dia da viagem para a Itália. E já havíamos comprado as passagens. Caramba! Isso foi uma cagada da sorte! Vamos passar uns dias com a minha prima do blog rosestaccone. Vamos até Bruxelas pegar o avião rumo a Roma. Além de ser mais perto de onde moramos, é mais barato, digamos, 80% mais barato! É espantosa a diferença de preço. Basta atravessar a fronteira. Por falar nisso, aqui na França está tudo caro.

Olha as bicicletas parisienses da moda. São mais de 20.000 Vélibs criadas pela prefeitura de Paris, como meio de diminuir os problemas de trânsito na capital francesa (só que aqui, os franceses não seguiram o exemplo da Austria, da Polônia, onde o ciclista é mais protegido pois tem um espaço reservado no calçamento, fora das ruas e não uma faixa pintada no asfalto. Mas se você quiser arriscar, você pode contratar o serviço por um dia, uma semana, ou ainda por um ano, no próprio "estacionamento" das Vélib em mais de mil pontos da cidade, passeia, faz suas compras etc, devolvendo do mesmo jeitinho noutro estacionamento. Olha o meu marido, de guarda-chuva na mão, em dúvida se pega ou não uma dessas para passear.


Eu e o Sena, na boquinha da noite!Champs-Elysées e o Arco do Triunfo da Estrêla . Biblioteca Nacional da França e sua esplanada de ipê (comprimento : 375 m).

A BNF vista de uma de suas torres. Abaixo da esplanada, encontram-se as salas de leitura e de trabalho. As torres são previstas para depósitos do acervo e ainda não estão sendo utilizadas (são 4 torres de 79m de altura). É uma previsão para o futuro conforme o aumento do acervo que, hoje, é de aproximadamente 13 milhões de livros e impressos, fora os manuscritos, os periódicos, etc, etc. Cada país possui uma BN cujo objetivo principal é o registro e a guarda da produção intelectual nacional preservando-a para as gerações futuras através, principalmente, do Depósito Legal. As BNs não são bibliotecas de empréstimo. Para saber mais: BNF http://www.bnf.fr/
Conheça também a nossa Fundação Biblioteca Nacional, situada no Rio de Janeiro: http://www.bn.br/


Otima atitude da mãe. E, se você vier com criança por aqui, não esqueça de garantir que ela não se perca! Se eu tivesse feito isso com o meu filho quando ele tinha 9 anos, eu não o teria perdido no Louvre (é de imaginar o desespêro que o fato causou em ambos se bem que um menino de 9 anos ja não é tão pequeno assim, só que ele não falava francês e o Louvre é um mundão de gente onde ninguém repara em ninguém), então, tome suas precauções pois a thurma dribla a gente com a maior facilidade, nem que seja colocando um crachá pendurado no pescoço da criança com o endereço dos pais aqui, é claro). Já vimos isso ai no Brasil também.


Fachada da Catedral de Metz 1.


Fachada da Catedral de Metz 2.
Antiga forma de leitura usada nas igrejas e catedrais góticas para mostrar ao povo (sem acesso à cultura) o julgamento final, o que se passa no paraiso e no inferno, a diferença entre o bem e o mal, etc. Acima, Deus julgando. Abaixo, o anjo pesando os pecados e separando os bons dos maus. Metia medo, não é? Ora, será que isso mantinha o povão quieto enquanto os poderosos faziam e desfaziam?

.






10 comentários:

Liz / Falando de tudo! disse...

Ola minha linda, em primeiro lugar obrigada por vim no meu blog.
Eu moro na França também e ja passei por todas essas burocracias pra pegar minha carte de séjour, ja vou renovar a segunda este ano.
Adoro passear em Paris, mas ultimamente estou fazendo uma formaçao que é la, e tenho me cansado desse agido que é a bela Paris!
Gostei daqui, eu volto!
Liz

Renata Maria Parreira Cordeiro disse...

Na Europa, como um todo, desde a Unificação, o euro ficou muito alto. Mas, pelo visto, vc está aproveitando.
Postei sobre o filme Across the Universe.
Vá lá:
wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
não há ponto depois de www
Um beijo,
RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO

Veneide disse...

Olá Liz,
Seja bem vinda. Apareça sempre.
Aqui onde moro, é mais tranqüilo. Paris é um mundo de cultura, de história e, por isso, é uma loucuuuuura imprescindível! Ça bouge trop!
abr

Veneide disse...

Olá Renata, como vai? Menina, ainda vamos aproveitar mais! Ficou tudo caro por causa da ganância dos empresários. Quando a França adotou o Euro houve uma disparada doida dos produtos e serviços. Não respeitaram a paridade euro/franco. E o presidente atual daqui beneficia mais ainda os empresários. Mas, enquanto muita gente tem mania de boutiques e de aparecer em carro novo, etc, etc, a mania da minha gente é essa: viajar e proporcionar o mesmo aos nossos. Sem falar que aqui, fazer turismo ainda é mais barato do que no Brasil. Infelizmente! Um beijo.

david disse...

Adorei!

E com carta na mão agora???

aiaiaiaiai

Kiara Guedes disse...

Adorei as fotos... e ah, Parabéns né!!! Beijos

Crisfonseca disse...

Olá Veneide,
Parabéns pelas tuas conquistas.
Europa, França, que sonho lindo, sonhocom este lugar que pra te é uma delicosa realidade, lindas fotos, secesso pra te
Beijos,
Cris

Ernâni Motta disse...

Oi, Veneide,

Aqui, no Rio, chove desde ontem e a temperatura baixou para os 17 graus, que para os cariocas, nativos e adotados, é um frio e tanto, acostumados que somos aos 40 graus. Assim, viajar por Paris, nesta tarde de domingo chuvoso, é tudo de bom... rs, e você me proporcionou isto, que legal!
Ah! Não consegui entender o que seja "séjour".
Um beijo e boa viagem.

Veneide disse...

Para David:
Ah, com a carta na mão agora vou longe, né? eheheh

Para Kiara:
Obrigada Ki. Fui no blog mas não comentei nada ainda. Vou aparecer logo, logo. bjs

Para Crisfonseca:
obrigada Cris, você é um amor.Seus comentarios elevam a alma. Nunca se ausente.

Para Hernani:
Sinto-me gratificada pelo seu comentario. Aguarde: estou tentando inserir mais fotos. Nesse momento,estamos colocando a casa em dias aproveitando o verão.
um gde abraço

O Profeta disse...

Teus olhos são sóis adormecidos
Perdidos no profundo da noite
Luzeiros na procura da aurora
Que viajam sem rumo ou norte

Procuram a ironia do tempo
Os gritos que um rosto apregoa
Uma taça de ouro frio
O tempo que uma alma magoa


Boa semana


Doce beijo

Uma coisa que adoro.

Uma coisa que adoro.
No inverno, fica tudo assim. Foto:D.B.

Os lagos

Os lagos
Pegamos nossos remos e varejões e saímos com muito cuidado para não triscar nos jacarés e sucuris. Foto: Veneide